Agronegócio

Mercado do boi gordo reage em São Paulo

Programações de abate das indústrias no estado atendem em média, quatro dias

21/08/2019 - 14:00 | Por Douglas Ferreira - SBA

Segundo Scot Consultoria, em São Paulo, embora o consumo esteja calmo, a diminuição das escalas exigiu pagamentos maiores dos frigoríficos. As programações de abate das indústrias no estado atendem em média, quatro dias. Para um comparativo no mesmo período do mês de julho, as escalas atendiam por volta de seis a sete dias.

Com oferta de boiadas reduzidas, a referência da @ teve alta no encerramento desta quarta-feira (21) e o boi gordo está cotado em R$154,50 @, à vista livre de Funrural. O aumento foi de 0,7% na comparação dia a dia.É importante ressaltar que os frigoríficos que testavam o mercado oferecendo preços menores têm usado esta estratégia cada vez menos.

Os preços dos animais que atendem à demanda chinesa estão em torno de R$2,00 @ a R$3,00 @ acima das cotações do “boi comum”. Para os bois Europa, que atendem a Cota Hilton, a bonificação fica em torno de R$4,00 a R$5,00 @, nas mesmas condições.

Fonte: Scot Consultoria 

Compartilhar

Últimas Notícias