EconomiaInternacional

Lácteos puxam aumento dos preços globais dos alimentos em fevereio, diz FAO

Mesmo com alta, o índice ainda ficou 2,3% abaixo do observado no mesmo período de 2018

08/03/2019 - 11:05 | Por Redação - SBA

Em Fevereiro, os preços mundiais dos alimentos apresentaram alta, parte dessa elevação tem relação com o aumento das cotações dos produtos lácteos, confome dados divulgados pela agência de alimentos da ONU na quinta-feira (7).

O índice de preços de alimentos da Organização para Agricultura e Alimentação (FAO), que monitora as mudanças mensais de uma cesta de cereais, oleaginosas, laticínios, carnes e açúcar, chegou a 167,5 pontos em fevereiro, alta de 1,7% em relação a janeiro. Apesar da alta, o índice ficou 2,3% abaixo do igual período do ano passado.

O índice de preços de lácteos da FAO subiu 5,6% comparado ao valor de janeiro, impulsionado pela alta demanda de importação de leite em pó desnatado, leite em pó integral e queijo.

A FAO reduziu sua previsão mundial de produção de cereais em 2018 para 2,609 bilhões de toneladas, contra os 2,611 bilhões previstos há cerca de 30 dias.

"A última revisão baseia-se quase inteiramente em uma estimativa mais baixa para a produção de milho dos Estados Unidos e reforça uma queda geral anual na produção global de cereais", disse a FAO.

A agência da ONU ainda fez sua primeira previsão para a produção mundial de trigo em 2019, estimada em 757 milhões de toneladas, 4% por cento a mais que em 2018, abaixo do recorde registrado em 2017.

 

Compartilhar

Últimas Notícias