Exportação de carne de frango bate recorde em 2022

Cenário positivo foi registrado mesmo com desaceleração da demanda chinesa

27/11/2022 às 09:09 atualizado por Daniel Catuver - SBA | Siga-nos no Google News
:

O boletim da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), divulgado nesta quinta-feira (24), mostra que o volume de carne de frango exportado entre janeiro e outubro deste ano é o maior já registrado. De acordo com dados do Ministério da Economia, analisados pela entidade, nos dez primeiros meses de 2022 já foram embarcadas cerca de 3,92 milhões de toneladas, volume 4,6% maior do que foi registrado no mesmo período do ano passado, quando as exportações atingiram, aproximadamente, 3,75 milhões de toneladas.

Esse aumento ocorreu mesmo com uma redução na demanda chinesa pelo produto brasileiro. Segundo a Conab, a China diminuiu suas compras em 17,4% na comparação com 2021, como resultado da recuperação da produção interna de proteína animal.

No mercado interno, a oferta de carne de frango já foi intensificada devido às festas de final de ano, mas a demanda ainda não foi o bastante. Ainda assim, o consumo doméstico continua firme, substituindo a carne bovina.

Conforme o boletim, para 2023 os indicadores de oferta de carne de frango apontam para um acréscimo de 4,2% no mercado interno, ao mesmo tempo em que se observa uma tendência de estabilização do consumo per capita, indicando um nível de saturação frente ao cenário econômico atual.

Carne bovina

A companhia também divulgou informações sobre as exportações de carne bovina. Segundo o informativo, entre janeiro e outubro deste ano, as vendas externas também estão em patamares superiores ao registrado nos dez primeiros meses de 2021. Os embarques no período em 2022 chegaram próximos a 2 milhões de toneladas frente a 1,59 milhão de toneladas no ano anterior.

A China também é o principal comprador do produto brasileiro, mas com uma participação maior se comparada com o mercado de frango. Para carne bovina, o país asiático tem uma participação de 54,5% nas vendas realizadas até outubro.

Com informações da Conab

Foto de capa: Manoel Petry/ABPA


Últimas Notícias