Geral

Produtor de MS garante 1º financiamento agrícola por ativo florestal

Operação foi paga pelo banco Itaú por meio do programa CPR Reserva Mais

22/11/2021 - 15:44 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

O primeiro produtor rural a garantir financiamento privado por meio de maciço florestal em sua propriedade é de Mato Grosso do Sul. Segundo reportagem do Jornal Valor Econômico, divulgada no dia 18 de novembro, o banco Itaú foi responsável pela operação feita por meio do programa CPR Reserva Mais.

O produto segue a mesma linha da Cédula de Produto Rural (CPR) Verde lançada pelo governo federal em Bonito, no dia 1º de outubro.

O financiamento contempla propriedades com espaço de vegetação nativa superior a 30% ao destinado à Reserva Legal (parte do imóvel rural coberta por vegetação natural), ou seja, um percentual da área, podendo ir de 20% a 50% do total.

O dono firmou compromisso com o Itaú, a não retirar a porção de vegetação em suas nove propriedades localizadas no Cerrado, por dois anos. O banco é responsável por fazer o monitoramento por imagens para confirmar as informações apresentadas.

O Itaú vincula também, o uso dos recursos para evitar o desmatamento de quaisquer outras áreas, mesmo fora das propriedades informadas, de acordo com o Jornal Valor Econômico.

Com informações da Semagro. 

Compartilhar

Últimas Notícias