Agricultura

Média da cotação do milho em novembro é a menor em 14 meses

Boa oferta tem influenciado os preços do cereal, aponta Cepea

22/11/2021 - 10:59 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

O lento ritmo das exportações de milho na atual temporada e o bom andamento da semeadura da safra de verão seguem pressionando as cotações internas do cereal. 

Segundo colaboradores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), compradores se mantêm afastados das negociações, na expectativa da continuidade das quedas, enquanto alguns vendedores, com necessidade de liberar espaço nos armazéns, negociam o milho a preços mais baixos. 

Na parcial de novembro (até o dia 19), o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (região de Campinas/SP) registra média de R$ 84,53/saca de 60 kg, a menor, em termos reais, desde setembro de 2020 (as médias mensais foram deflacionadas pelo IGP-DI de out/21).

Entre 12 e 19 de novembro, especificamente, Indicador ESALQ/BM&FBovespa recuou ligeiro 0,1%, fechando a R$ 82,84/saca de 60 kg na sexta-feira, 19. 

 

Informações por Cepea

Compartilhar

Últimas Notícias