Governo

Hidrelétricas serão construídas ao longo do Rio Pardo, em MS

Iniciativa prevê investimentos de R$ 600 milhões

22/10/2021 - 15:15 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

O Mato Grosso do Sul irá receber quatro pequenas centrais hidrelétricas (Pchs) ao longo do Rio Pardo, com geração de até 130 megawatts (MW) de energia, até 2023. A proposta para construção foi apresentada ontem, quinta-feira (21), ao governador  Reinaldo Azambuja e ao secretário da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck.

A iniciativa do Grupo Flamarpar prevê investimento de R$ 600 milhões. De acordo com o governador Reinaldo Azambuja, a construção das hidrelétricas irá ajudar na superação da crise energética, e possibilita a produção permanente com baixos impactos ao meio ambiente.

O governo do estado se comprometeu a atender certas demandas na área de construção, como a instalação de uma ponte e um desvio na MS-345. O processo de licenciamento estará finalizado até metade de 2022 e as obras devem ser iniciadas em março de 2023.

O MS é o primeiro estado brasileiro a mapear potenciais hidrelétricos em um rio, por meio do “Inventário Participativo de Potencial Hidrelétrico do Rio Pardo”, elaborado em 2019 junto à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Com informações da Semagro. 

Compartilhar

Últimas Notícias