Pecuária

Preços do suíno vivo apresentam movimentos distintos entre as regiões do país

Cenário está ligado às diferentes condições de oferta e de demanda

07/10/2021 - 09:15 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

Os preços do suíno vivo comercializado no mercado independente têm apresentado movimentos distintos dentre as regiões acompanhadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), nos últimos dias, influenciados por diferentes condições de oferta e de demanda. 

Nas praças de Minas Gerais, os negócios seguiram o acordo da bolsa local, e os preços se mantiveram estáveis. Já em São Paulo e em Santa Catarina, vendedores conseguiram leves reajustes positivos no preço, conforme a procura por animais para abate se aqueceu. 

Nas praças do Paraná, colaboradores relataram lentidão nas vendas e consequente quedas nos preços. Quanto às exportações de carne suína em setembro, somaram 110,9 mil toneladas, segundo dados da Secex. 

Além de recorde, o volume embarcado no último mês foi 23,4% maior que o de agosto e 29,8% acima do de setembro de 2020. 

 

Informações por Cepea

Foto de capa: Wenderson Araujo/ Trilux/ Sistema CNA Senar

Compartilhar

Últimas Notícias