Geral

Saques da poupança ultrapassam R$ 7 bi em setembro

Poupança acumula retirada líquida de R$ 23,35 bilhões nos nove primeiros meses do ano

06/10/2021 - 19:19 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

Em setembro, os saques da poupança foram superiores aos depósitos. O valor foi de R$ 7,72 bilhões a mais, segundo informações divulgadas nesta quarta-feira (6) pelo Banco Central (BC). A maior retirada líquida apresentada para o mês desde o início da série histórica, em 1995. 

As retiradas em setembro superaram os saques de janeiro, quando haviam sido depositados R$ 18,15 bilhões. Diante do desempenho, a poupança acumula retirada líquida de R$ 23,35 bilhões nos nove primeiros meses do ano, registrou o maior acumulado de saques para o período desde 2016, quando as retiradas superaram os depósitos em R$ 50,54 bilhões.

Em 2020, a poupança captou R$ 166,31 bilhões em recursos, o maior volume anual da série histórica. Além disso, a poupança rendeu 2,02% nos 12 meses encerrados em setembro, devido ao rendimento de 70% da Taxa Selic.

O rendimento da poupança perde para a inflação, devido aos juros reais negativos e o aumento no valor dos alimentos, dos combustíveis, da energia elétrica e do dólar, na qual irão pressionar a inflação no segundo semestre.

Para 2021, a inflação pelo IPCA deve ser de 8,51%, de acordo com o boletim Focus. O rendimento da poupança ficará em 4,38% este ano, decorrente da atual fórmula.

Com informações da Agência Brasil.

Compartilhar

Últimas Notícias