Economia

Operações com derivativos no exterior é ampliada pela CMN

Acordos derivativos estrangeiros podem ser para obtenção de lucro

01/10/2021 - 11:59 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou na quinta-feira (30), a medida que autoriza investidores brasileiros a realizarem operações derivativas – investimentos que derivam de outros – no exterior com as mesmas particularidades do mercado internacional.

A medida permitirá ao investidor fazer acordos derivativos estrangeiros não só para hedge (proteção) de recursos, mas obtenção de lucros. Situação que já ocorre no mercado nacional de derivativos.

O Banco Central (BC) informou que a proposta beneficia o mercado financeiro brasileiro, amplia as oportunidades do instrumento de proteção em investimento estrangeiros e amplia os financiamentos privados de longo prazo, como os projetos de infraestrutura.

Além disso, reduz ineficiências de mercado, aumenta a integração entre mercado financeiro internacional e doméstico, diminui despesas de operações com derivativos no estrangeiro e diferencia a oferta de instrumentos financeiros no Brasil.

Com informações Agência Brasil.

Compartilhar

Últimas Notícias