Economia

IPCA-15 de setembro foi de 1,14%, diz IBGE

Grupo de Transportes tem alta de 2,22%, maior variação entre os analisados

24/09/2021 - 12:20 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

De acordo com dados do Instituto Brasileira de Geografia e Estatística, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), publicados nesta sexta-feira (24), em setembro foi de 1,14%, o maior índice registrado desde fevereiro de 2016 (1,42%) e o maior para o mês desde 1994.

O indicador é superior aos 0,89% registrados em agosto e aos 0,45% do mesmo mês em 2020.

A taxa trimestral do IPCA-15, conhecida como IPCA-E foi de 2,77%, enquanto no mesmo período do ano passado, a variação foi de 0,98%. O IPCA-15 acumula alta de 7,02%, no ano e de 10,05% em 12 meses, valor superior aos 9,30% marcados nos 12 meses anteriores.

Dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados, oito registraram alta. A maior variação foi observada no grupo de transportes com aumento de 2,22%. A segunda maior contribuição veio de alimentação e bebidas, que subiu 1,27%, valor acima da elevação indicada no mês anterior (1,02%).

Na sequência, os grupos com aumento nos preços foram de Habitação com 1,55%, de Artigos de residência com 1,23%, de Vestuário com 0,54%, de Despesas pessoais com 0,48%, de Saúde e cuidados pessoais com 0,33% e de Comunicação com 0,02%. O grupo de Educação foi o único a ter queda nos preços, com taxa negativa de 0,01%.

Com informações do IBGE.

Compartilhar

Últimas Notícias