Economia

PIX: clientes terão limite de R$ 1 mil para transferência noturna

Medida entra em vigor dia 4 de outubro

24/09/2021 - 11:05 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

As instituições financeiras deverão estabelecer até o dia 4 de outubro, o limite de R$ 1 mil reais para as transferências e pagamentos feitos por pessoas físicas entre as 20h e às 6h. O Banco Central (BC) aprovou na quinta-feira a data de início das restrições.

Em agosto o Banco Central havia anunciado a medida, com o objetivo de reduzir os casos de sequestros e roubos noturnos, após pedidos das próprias instituições financeiras.

O limite de R$ 1 mil reais para as operações noturnas vale tanto para o Pix, meio de pagamento eletrônico instantâneo, como para transferências via TED, DOC, pagamentos de boletos, compras com cartões de débitos e outras operações.

A medida entra em vigor até 4 de outubro. Os clientes poderão mudar o limite das transações através dos canais de atendimento eletrônico dos bancos, mas as operações só serão efetivadas 24 horas após a solicitação.

Antes da data de restrição, os clientes conseguirão fazer o cadastro prévio de contas que poderão receber transferências acima dos limites estabelecidos.

As instituições financeiras, deverão realizar um registro diário das ocorrências de fraude ou das tentativas de fraude nos serviços de pagamento, no registro deverá conter também, as medidas adotadas para corrigir ou solucionar a situação, e por fim um relatório mensal que consolide as ocorrências e as ações adotadas. Até 16 de novembro a medida tem de ser implementada.  
 
Com informações e foto de capa da Agência Brasil. 

Compartilhar

Últimas Notícias