Pecuária

Arroba do boi gordo fecha semana em estabilidade, a R$ 310

Paralisação dos caminhoneiros tem influenciado no cenário das cotações, afirma a Scot Consultoria

10/09/2021 - 14:38 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

De acordo com informações da Scot Consultoria, a paralisação dos caminhoneiros aparentemente começou a perder força em algumas regiões de São Paulo, porém, continua motivando o desempenho fraco dos compradores. 

O mercado está devagar, com poucos negócios e a exportação de carne bovina para a China está suspensa. As cotações estão estáveis no comparativo dia a dia. Há frigoríficos que abriram as compras ofertando menos pela arroba, mas sem negócios concretizados. 

O boi, vaca e novilha gordos estão sendo negociados por R$ 310,00/@, R$ 292,00/@ e R$ 307,00/@, respectivamente, preços brutos e a prazo.

Tocantins
No sul de Tocantins, alguns frigoríficos voltaram às compras ofertando preços abaixo da referência, com baixo volume de negócios concretizados. 

Os preços do boi, vaca e novilha gordos caíram R$ 3,00/@ na comparação diária e estão sendo negociados em R$ 294,00/@, R$ 284,00/@ e R$ 284,00/@, respectivamente, preços brutos e a prazo.

Santa Catarina
No Oeste de Santa Catarina, os preços para todas as categorias caíram R$ 3,00/@ na comparação feita dia a dia. 

Assim, o boi gordo está sendo negociado em R$ 327,00/@, a vaca em R$ 302,00/@ e a novilha gorda em R$ 315,00/@, preços brutos e a prazo. 
 
Mercado atacadista 
A carcaça de bovinos castrados está cotada em R$ 19,46/kg e a de bovinos inteiros em R$ 18,41/kg, aumento de 1,4% e 1,7%, respectivamente, na comparação feita semana a semana.
 
Os recentes acontecimentos (vaca louca, greve dos motoristas de caminhão, operação padrão dos fiscais do SIF) e o feriado em 7/9, levaram uma queda do volume disponível de carne, que já era baixo, impactando nos preços.

 

Informações por Scot Consultoria

Foto de capa: Tony Oliveira/ Sistema CNA/ Senar

Compartilhar

Últimas Notícias