Pecuária

Arroba do boi gordo tem mais um dia estável, a R$ 310

Bloqueios nas rodovias e casos atípicos de vaca louca retiraram as indústrias frigoríficas das compras

09/09/2021 - 16:23 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

De acordo com informações da Scot Consultoria, o bloqueio nas rodovias em pelo menos 15 estados (Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia, Maranhão, Roraima, Pernambuco e Pará) fez com que frigoríficos não abrissem as ofertas de compra na manhã desta quinta-feira (9). 

Em São Paulo, os compradores não estiveram ativos, e as compras, que já estavam travadas por conta da vaca louca, seguiram suspensas na maior parte das indústrias.

Deste modo, as cotações na praça paulista registraram mais um dia de estabilidade. 

O boi, vaca e novilha gordos estão sendo negociados por R$ 310,00/@, R$ 292,00/@ e R$ 307,00/@, respectivamente, preços brutos e a prazo.

Tocantins
Tanto no Norte quanto no Sul de Tocantins os frigoríficos estiveram fora das compras, assim como ontem (8), em função do bloqueio nas rodovias. 
 
Bahia
A cotação do boi gordo caiu R$ 1,00/@ na comparação dia a dia no Sul e no Oeste da Bahia. Apesar disso, os compradores estão cautelosos em função dos bloqueios nas estradas.
 
O boi gordo ficou cotado em R$ 297,00/@, preço bruto e a prazo em ambas as regiões. As cotações da vaca e da novilha gordas ficaram estáveis.

 

Informações por Scot Consultoria

Foto de capa por Wenderson Araújo/ Sistema CNA Senar

Compartilhar

Últimas Notícias