Pecuária

Arroba do boi gordo volta do feriado em estabilidade, a R$ 310

Compradores iniciaram o dia ofertando R$ 10/@ a menos para animais destinados ao mercado interno, mas sem negócios realizados, informa a Scot Consultoria

08/09/2021 - 14:52 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

De acordo com informações da Scot Consultoria, após a confirmação oficial no sábado (04) da ocorrência de dois casos atípicos de “vaca louca’’, em Minas Gerais e Mato Grosso, o mercado abriu com poucos negócios e poucos compradores posicionados. 

As indústrias, com destaque às exportadoras, estão mexendo nas escalas de abate. Os compradores que estiveram ativos nesta manhã (8/9) abriram o dia ofertando R$10,00/@ a menos para animais destinados ao mercado interno, sem negócios realizados.

Deste modo, as cotações na praça paulista registraram mais um dia de estabilidade. O boi, vaca e novilha gordos estão sendo negociados por R$ 310,00/@, R$ 292,00/@ e R$ 307,00/@, respectivamente, preços brutos e a prazo.

Exportação 
Na última segunda-feira (6/9) foram divulgados dados sobre as exportações brasileiras de carne bovina. A posição refere-se aos três primeiros dias úteis de setembro e, por isso, os efeitos da suspensão das exportações ao mercado chinês não tinham sido sentidos. 

Foram embarcadas 10,5 mil toneladas de carne bovina in natura por dia, incremento de 55% em relação à média de setembro/20. Nesse mesmo comparativo, a receita média diária foi de US$ 61,17 milhões, crescimento de 120,3%, de acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

Tocantins
Na região Norte tocantinense o mercado também esteve pouco posicionado. 
 
Além dos impactos da confirmação dos casos atípicos da “vaca louca”, compradores na região também estão atentos a uma possível greve de agentes do Serviço de Inspeção Federal (SIF) e, por isso, a maior parte esteve fora das compras nesta manhã.

 

 

Informações por Scot Consultoria

Foto de capa por Tony Oliveira/ Sistema CNA/ Senar

Compartilhar

Últimas Notícias