Pecuária

Arroba do boi gordo termina semana estável a R$ 310

Parte dos frigoríficos paulistas continua fora das compras, aguardando o resultado da suspeita de um caso atípico de vaca louca, diz a Scot Consultoria

03/09/2021 - 14:33 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

De acordo com informações da Scot Consultoria, boa parte dos frigoríficos paulistas seguem fora das compras, aguardando o desenrolar da suspeita de um caso atípico de vaca louca. Com isso, os preços permaneceram estáveis no comparativo diário.

O boi, vaca e novilha gordos estão sendo negociados por R$ 310,00/@, R$ 292,00/@ e R$ 307,00/@, respectivamente, preços brutos e a prazo.

Rondônia
Na região Sudeste de Rondônia, a pressão de baixa surtiu efeito e as cotações das três categorias destinadas ao abate recuaram R$ 4,00/@, na comparação feita dia a dia, no entanto, o volume de compras foi irrisório.

O boi, a vaca e a novilha gordos estão sendo negociados em R$ 300,00/@, R$ 291,00/@ e R$ 291,00/@, respectivamente, preços brutos e a prazo.

Mercado atacadista com osso
No comparativo semanal, a carcaça de bovinos castrados apresentou alta de 2,4%, cotada em R$ 19,20/kg. A carcaça de bovinos inteiros teve leve queda de 0,5%, apregoada em R$ 18,10/kg.

Com a reposição de estoques no mercado varejista, as vendas tiveram leve melhora.

A expectativa é de maior consumo com o recebimento de salários e o feriado se aproximando (7/9). Somado a isso, os frigoríficos estão com menor oferta de produtos, resultando em preços mais firmes.

Curtíssimo prazo
A maior parte das indústrias frigoríficas monitoradas pela Scot Consultoria estiveram foram das compras nesta manhã.

O mercado do boi gordo deve seguir em compasso de espera, aguardando o pronunciamento oficial do caso de vaca louca.

 

Foto de capa por Tony Oliveira/ Sistema CNA/ Senar

Compartilhar

Últimas Notícias