Vídeos

Em 2022 vamos colher menos café, diz presidente do Sincal

Entrevista foi realizada ontem (1º) no programa Agricultura BR, do Canal do Boi

02/09/2021 - 07:00 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

O cafeicultor brasileiro acredita que o cenário de secas e geadas não foi completamente absorvido pelo mercado financeiro. O presidente da Associação dos Cafeicultores do Brasil (Sincal), Armando Mattiello, participou do programa Agricultura BR, do Canal do Boi, na quarta (1º) para falar o assunto. 

“Nós estamos em uma citação climática terrível, nós tivemos praticamente duas secas. A seca do ano passado foi de março até novembro. E desse ano, que vem de março até o momento. Nós tivemos 18 meses desse ínterim. Choveu normalmente cinco meses, os demais, alguns choveu muito pouco. Então, nós estamos com um déficit hídrico chegando até 300 milímetros. Também sofremos uma geada que andou queimando por volta de 200 mil hectares de café, um estrago bastante significativo”, diz Mattiello.

Foto: Fernando Barbosa (MG). 
Compartilhar

Últimas Notícias