PecuáriaAgriculturaEconomia

J&F recebe pressão de bancos credores

05/06/2017 - 17:53 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

Os bancos estão pressionando a J&F a oferecer mais garantias para que possam estender os prazos de pagamento de dívidas do grupo, que reúne empresas como JBS, Eldorado e Vigor. As negociações ficaram mais duras após o acordo de delação de Joesley e Wesley Batista.

De acordo com a apuração da Folha de São Paulo apurou a reportagem com executivos envolvidos nas conversas, a exposição dos principais bancos do país ao grupo supera R$ 23 bilhões. A Caixa Econômica Federal é o principal credor, com cerca de R$ 10 bilhões, seguida pelo Banco do Brasil, com R$ 4,7 bilhões.

O grupo JBS, dos irmãos Joesley e Wesley Batista, responde a 34 mil ações trabalhistas. O dado está nas demonstrações financeiras de 2016 da empresa e pode representar perda de R$ 2,6 bilhões. Em 2015, havia 31,1 mil processos em andamento.

 

Compartilhar

Últimas Notícias

Leilão Virtual Touros Genetropic Senepol