Pecuária

Litro do leite: preço pago ao produtor sobe 35,56% no primeiro semestre

Valor registrado é comparado em relação ao ano passado

31/08/2021 - 11:49 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

O valor do litro do leite pago ao produtor teve um aumento de 35,56% no primeiro semestre do ano, em comparação ao mesmo período de 2020. A informação foi divulgada pelo Departamento Técnico do Sistema da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), com dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

O valor médio do litro de leite, pago ao pecuarista, entre os seis primeiros meses de 2021, foi de R$ 1,81. Enquanto isso, em 2020, o preço era de R$ 1,33 por litro.
A produção de leite em MS caiu mais de 24% em um ano. A analista técnica, Eliamar Oliveira, afirma que a valorização estava relacionada à redução da produção de leite.

No 1º semestre de 2021, a produção com inspeção federal no estado foi de 88 mil litros, no entanto em 2020 durante o mesmo período, a produção foi de 116,6 mil litros. Em julho de 2021, o criador necessitou destinar 48,51 litros de leite para ter o composto de 70% de milho e 30% de farelo de soja, quantidade essa 28,84% superior que os 37,65 litros em julho do ano anterior.

Além disso, a analista pontua que a redução no poder de aquisição é um sinal de que o valor está alto e pode influenciar nas margens e na rentabilidade da produção de leite.
 

Com informações Famasul. 

Compartilhar

Últimas Notícias