Economia

Dia dos Pais: avanço da vacinação pode aquecer vendas no comércio

Economista avalia que maior flexibilização das medidas de proteção contra a Covid-19, contribuem para melhora nas vendas

07/08/2021 - 08:00 | Por Lucas Caxito* - SBA | Siga-nos no Google News

A Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) prevê um aumento anual de 32% em vendas na semana que antecede à comemoração do Dia dos Pais. A alta representa um adicional de R$ 870 milhões em relação ao ano passado. No mesmo intervalo em 2020, as vendas caíram 32,5% em relação à 2019.

Segundo o economista-chefe da Ativa Investimento, Étore Sanchez, contribuem para as expectativas a maior flexibilização das medidas de proteção contra a Covid-19, em razão do avanço da vacinação no país e a melhora da confiança do consumidor.

“O comércio varejista físico tende a ter uma ampliação. As perspectivas são positivas agora para esse período da semana de dia dos pais. É evidente que a gente tem que pensar também que temos uma taxa de desemprego ainda próxima a 15%, de todo modo, após eventos traumáticos, é natural que a gente veja um incremento do comércio, e de serviços associados a turismo e lazer. Então nós estamos exatamente nesse ponto, no qual a vacinação vai avançando. Ainda não temos a população totalmente vacinada, mas conforme ela vai avançando, transmite uma sensação de segurança que viabiliza a locomoção das pessoas, e consequentemente o deslocamento até essas lojas físicas”, explicou Sanchez. 

Segundo dados das Secretarias Estaduais de Saúde, até o momento, 105.061.908 pessoas receberam ao menos uma dose da vacina no Brasil (49,61% da população), e 44.275.685 já estão totalmente imunizados com duas doses ou dose única (20,91% da população).

 

*Texto com supervisão do jornalista Douglas Silvério. 

Compartilhar

Últimas Notícias