Economia

Projeto Ilumina Pantanal leva energia para áreas rurais e ribeirinhas de MS

Ação abrange municípios de Corumbá, Ladário, Aquidauana, Porto Murtinho, Coxim, Miranda e Rio Verde

28/07/2021 - 16:44 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News
Projeto recebe investimentos de R$ 134 milhões
Foto: Divulgação Governo MS

O Ilumina Pantanal, projeto integrado pelo Ministério de Minas e Energia, Energisa e Governo de Mato Grosso do Sul, promove a universalização energética em um dos ecossistemas mais preservados do planeta, o Pantanal de Mato Grosso do Sul. Nesta quarta-feira (28) o ministro das Minas e Energia, Bento Albuquerque e o governador de MS, Reinaldo Azambuja e outras autoridades visitaram o projeto que já se expandiu pela região.

O projeto abrange os municípios de Corumbá, Ladário, Aquidauana, Porto Murtinho, Coxim, Miranda e Rio Verde, com projeção de atender 2.167 moradias até 2022.

A iniciativa conta com investimentos de R$ 134 milhões. Das novas unidades consumidoras, 77 receberão modelo tradicional de transmissão de energia elétrica, e outras 2.090 serão no sistema solar.

“Estamos trazendo desenvolvimento à pecuária tradicional, dinamizando o turismo e também dignidade a quem vive aqui e preserva este santuário que é um bem mundial”, destaca Azambuja.

O ministro das Minas e Energia, Bento Albuquerque, explicou que o projeto é um dos maiores do governo federal não apenas pela tecnologia, mas também por proporcionar cidadania as pessoas da região.

“O apoio do governo estadual foi imprescindível para a viabilização e sucesso do projeto”, comentou Albuquerque.

“É um grande salto para a pecuária, nunca tivemos esse avanço tecnológico e vai reduzir custos de produção, além de proporcionar qualidade de vida para fazendeiros, colaboradores e ribeirinhos”, destacou o presidente do Sindicato Rural de Corumbá, Luciano Leite.

Projeto prevê atender 2.167 moradias até 2022
Foto: Divulgação Governo MS

Com informações Governo MS

Compartilhar

Últimas Notícias