Previsão do Tempo

Geadas atingem áreas produtoras do Sul

Primeira quinzena de julho foi marcada pelo predomínio de uma massa de ar seco pelo país, já os próximos 15 dias, serão de avanço de frentes frias

19/07/2021 - 06:00 | Por AgroClima - SBA | Siga-nos no Google News

Os bloqueios atmosféricos são bem comuns a essa época do ano, e costumam ser rompidos apenas com uma frente fria bem forte, ou com várias frentes frias sucessivas. Nos próximos dias, o hemisfério será marcado por uma grande mudança na circulação dos ventos, o que vai permitir o avanço dessas frentes frias pelo Brasil. 

Só na última semana, foram três frentes frias consecutivas que mudaram o tempo em alguns locais do Centro-Sul, o que predomina agora é uma massa de ar polar que deixa as temperaturas em queda em alguns locais do país. Mas a diferença, é que esse sistema será bem mais rápido e passageiro que o último. 

Para hoje (19), a previsão é de frio e geadas no norte gaúcho, oeste e planalto catarinense, além da porção sul do Paraná. Em Cascavel (PR), segundo maior produtor de milho do país, condições de geada nas primeiras horas de hoje e de amanhã, terça-feira, com mínima de 1 grau. A temperatura sobe gradativamente a partir de quarta-feira (21).

Tem previsão de geadas fracas e pontuais também na Serra da Mantiqueira, além da metade sul de São Paulo e do Mato Grosso do Sul. Nas áreas de cana-de-açúcar do sul de Minas e do estado paulista, há possibilidade de geada, mas com baixa intensidade. A semana começa sem chuva na região, e as menores temperaturas devem ficar restritas aos dias 20 e 21.

A friagem também deve ser sentida no início dessa semana nas áreas mais ao sul da região nortista, como é o caso de Rondônia, Acre e sul do Amazonas. Já no Nordeste brasileiro, o que predomina é a chuva pela costa, e o tempo mais firme no interior.

Hoje (19) o tempo segue encoberto entre Recife Natal, com chuva a qualquer hora do dia. As precipitações também podem atingir a metade norte do Ceará e do Maranhão.

Mas essa não será a única frente fria prevista para o mês de julho. A partir do dia 24, é possível que a chuva volte a se espalhar em áreas do Sudeste e do Centro-Oeste, e não deve ficar restrita apenas a São Paulo e Mato Grosso do Sul como na última semana. 

Depois dessa frente fria, uma massa de ar polar vai deixar o vento gelado e encerra o mês de julho com temperaturas bem baixas em diversos estados do país, inclusive em algumas áreas do Norte.

Esse novo sistema, pode trazer geadas no sul de Minas e também em alguns locais do sul do Rio de Janeiro. Neste período, o frio mais intenso vai chegar a partir do dia 27. 

Foto da capa: Sindicato Rural de São Mateus do Sul

Compartilhar

Últimas Notícias

Mega Leilão Virtual CFM 2021