Pecuária

Arroba do boi gordo fechou a semana em R$ 304,35 em MT

Resultado acumulado dos primeiros cinco meses ainda não é satisfatório para frigoríficos

29/06/2021 - 18:30 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

Em maio de 2021, o abate de bovinos apresentou aumento de 10,67%, ante o mês de abril, o que, por consequência, elevou em 2,65% a utilização frigorífica no comparativo mensal, encerrando o indicador na média de 47,44% para Mato Grosso.

No mesmo sentido, a utilização real e a operação também apresentaram incrementos de 6,77% e 10,98%, respectivamente, no mesmo período. Os dados foram divulgados pelo Imea hoje (29).

No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, o resultado ainda não é satisfatório para frigoríficos, uma vez que a utilização real foi de 72,19%, menor série histórica do Imea.

O esperado é que no curto prazo este cenário se inverta devido à entressafra e isso impacte na ociosidade industrial.

Com o baixo volume de negócios, o boi gordo à vista registrou incremento de 0,50% ante a semana anterior e fechou cotado na média de R$ 304,35 a arroba.

Acompanhando o cenário do boi gordo, a vaca gorda à vista também apresentou aumento de 0,53% no comparativo semanal e ficou cotada a R$ 293,37 a arroba. Com a maior valorização no preço da arroba do boi gordo, se comparada a cotação do bezerro de ano, a relação de troca boi/bezerro ficou em 1,64 cab/ cab. 


 

Com informações do Imea. 

Compartilhar

Últimas Notícias