Agricultura

Preço da soja cai 5,52% no MT, aponta Imea

Cenário está ligado a menor demanda e desvalorização do dólar

29/06/2021 - 16:25 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

O preço disponível para saca de 60kg de soja em Mato Grosso, na última semana, fechou a R$ 137,15, queda de 5,52%, pautada na desvalorização do dólar e menor demanda, aponta o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). A queda de 3,05% nas cotações da soja em Chicago na última semana foi movida pelas preocupações políticas de biocombustíveis nos EUA, fechando em US$ 13,79 a saca.

A Bolsa de Cereales da Argentina divulgou na última quinta-feira (24) o seu panorama agrícola semanal. A colheita da oleaginosa no país vizinho chegou ao fim na quarta-feira da semana passada (23), com avanço semanal modesto de 0,6 p.p., o que demonstra a lentidão dos trabalhos nas lavouras, causada pelo excesso de umidade nas últimas semanas.

Assim, o ciclo 20/21 foi finalizado com uma produção acumulada de 43,5 milhões de toneladas. Além disso, segundo divulgado pelo órgão do governo argentino, o rendimento médio das lavouras ficou estimado em 44,5 sacas por hectare, valor 9,79% inferior ao registrado na safra passada, em que a média foi de 49,33 sc/ha. Esses problemas climáticos na safra argentina, além de impactarem na produtividade final das lavouras, também trouxeram problemas logísticos com a diminuição no nível do Rio Paraná, principal rota de saída dos embarques.

A margem bruta de esmagamento de soja apontou alta de 29,57% na última semana, influenciada pela nova desvalorização do grão no mercado interno. Assim como a Argentina, os Estados Unidos vêm enfrentando problemas climáticos nas principais regiões produtoras da safra 21/22 de soja.

 

Com informações do Imea/ Foto por Wenderson Araujo - Sistema CNA/Senar

Compartilhar

Últimas Notícias