Luto no agro: Pai e filho da família Brun morrem no mesmo dia

Álido e Nairo foram precursores da produção de queijo artesanal em Mato Grosso do Sul

28/06/2021 - 09:15 | Por Valdecir Cremon - SBA | Siga-nos no Google News

Duas mortes, no mesmo dia, trouxeram grande tristeza para parentes e amigos da família Brun, uma das mais tradicionais investidoras na produção de queijo artesanal de Mato Grosso do Sulo. Álido Brun, de 85 anos, e o filho Nairo Brun, de 58, morreram neste domingo (27), em Campo Grande.

O pai estava internado no Hospital Regional com Covid-19 e Nairo fazia tratamento de um câncer, na Santa Casa da capital.  

O enterro está previsto para esta segunda-feira, no cemitério de Paraíso das Águas. 

Álido Brun, a esposa Elda Molinari e os filhos mantinham uma fábrica de queijos, desde 1996, em Chapadão do Sul, com o uso de leite de animais da raça Jersey – diferencial que, segundo ele, dava maior qualidade aos produtos.

A história da fábrica, incluindo investimentos em soja e em uvas, após a chegada da família oriunda do Rio Grande do Sul, está registrada no livro "O idoso que voltou a ser jovem", publicado em 2016 por Álido Brun.

Veja reportagem veiculada há 8 anos, sobre a história da família Brun, pelo Canal do Boi.

Compartilhar

Últimas Notícias

Mega Leilão Virtual CFM 2021