Assista agora:

Exportações de ovos aumentam 143,4% em 2021, diz ABPA

Volume total de janeiro a maio foi de 5,108 mil toneladas

25/06/2021 - 14:59 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

As exportações de ovos (in natura e processados) totalizaram 5,108 mil toneladas exportadas entre janeiro e maio de 2021. De acordo com dados levantados pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o volume é 143,4% maior em comparação com 2020, quando foram embarcadas 2,099 mil toneladas.

Em receita, as vendas no ano totalizaram US$ 7,008, superávit de 150,3% na comparação com o mesmo período de 2020, com US$ 2,8 milhões.

Se considerado apenas o mês de maio, foram exportadas 470 toneladas de ovos em 2021, número 42% ao mesmo período no ano passado. No mesmo período, a receita das vendas chegou a US$ 797 mil este ano, número 50,1% superior ao registrado em maio de 2020, com US$ 531.

Os Emirados Árabes Unidos seguem sendo o principal destino das exportações do setor. Entre janeiro e maio, o mercado saudita importou 3,750 mil toneladas, número 335,5% superior às 861 toneladas importadas no mesmo período de 2020. Outros destaques foram o Japão, com importação de 178,8 toneladas nos cinco primeiros meses deste ano (+57,8%); e o Uruguai, com 157,5 toneladas no mesmo comparativo (+2%).

"Essas exportações confirmam o setor como um grande fornecedor de ovos do mundo, o Brasil está entre os 10 maiores exportadores e produtores globais. Mais do que isso, ajudam a nossa avicultura a equilibrar o custo de produção. Esse é um número muito positivo e esperamos que o setor, apesar das bases pequenas de exportação, comece a se consolidar como grande parceiro na segurança alimentar desses países”, avalia o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

 

Com informações da ABPA.

Compartilhar

Últimas Notícias