Pesquisa e Produção

Laboratórios de veterinária poderão fabricar vacinas contra a Covid-19

Aprovação de projeto pelo Senado autoriza conversão das empresas até o final da pandemia

24/06/2021 - 08:32 | Por Valdecir Cremon - SBA | Siga-nos no Google News

O Senado aprovou, nesta quarta-feira (23), as mudanças feitas pela Câmara dos Deputados em um projeto que autoriza o uso de fábricas de imunizantes veterinários para a produção de vacinas contra a Covid-19. O objetivo é facilitar e estimular a utilização dessas plantas industriais para ampliar a oferta de doses da vacina à população.

A matéria havia sido aprovada no Senado no final do mês de abril e, sem seguida, enviada à Câmara. Como foi modificada pelos deputados federais, o texto teve que ser votado novamente no Senado. O texto segue agora para a sanção da Presidência da República.

De acordo com o texto, os laboratórios de imunizantes animais deverão cumprir todas as normas sanitárias e as exigências de biossegurança próprias dos estabelecimentos destinados à produção de vacinas para humanos. O controle e a fiscalização serão feitos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

Todas as fases relacionadas à produção, ao envasamento, à etiquetagem e à embalagem de vacinas para uso humano deverão ser realizadas em ambientes fisicamente separados daqueles usados para vacinas veterinárias.

Foto de capa: Divulgação/MSD

Compartilhar

Últimas Notícias

Mega Leilão Virtual CFM 2021