Assista agora:
Economia

Plano Safra 2021/22: valor reflete avanços importantes para setor de proteína animal, diz ABPA

23/06/2021 - 18:05 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

O Plano Safra 2021/22 foi lançado ontem (23) pelo Governo Federal, com R$ 251,22 bilhões para apoiar a produção agropecuária nacional. A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) se posicionou sobre o valor disponibilizado. Segundo a entidade, o valor reflete avanços importantes para o setor de proteína animal.

Confira abaixo a nota na íntegra

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) destaca que o novo Plano Safra construído sob a liderança da Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, trouxe avanços importantes para o setor de proteína animal. Um deles foi o grande aporte de recursos para o PRONAF, com benefícios diretos também para os produtores do setor. Na mesma linha, a viabilização de recursos via Inovagro deve reforçar a modernização das estruturas de granjas em polos com produção longeva, melhorando os índices de produtividade e a competitividade.

Também chama a atenção o aumento do limite de crédito para produtores de milho e de sorgo, o que deve influenciar na oferta de insumos e reduzir os impactos do gargalo de custos de produção que hoje geram um quadro crítico para a avicultura e a suinocultura, com impacto direto na inflação dos alimentos.

Ainda foi muito bem recebido pelo setor as linhas de crédito voltadas para a geração de energia renovável através de biogás e biometano, reforçando o compromisso do agro brasileiro com o ESG.

Por fim, também é importante destacar os recursos para investimentos em armazéns, outro ponto importante para a melhoria da gestão do abastecimento interno de insumos e redução do quadro especulativo. A ABPA foi uma das representações setoriais a reforçar a importância destes aportes, que devem gerar ganhos na logística de distribuição dos grãos no médio prazo.

Compartilhar

Últimas Notícias

3° Leilão Virtual Produção PO da Guanandi