Economia

Mercado financeiro aumenta a expectativa do PIB para 5%

Informações foram divulgadas no Boletim Focus de hoje (21)

21/06/2021 - 11:59 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

O Banco Central elevou de 4,85% para 5% a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para 2021. Para 2022 a expectativa recuou, com crescimento anual menor do que o projetado há uma semana. A expectativa caiu de 2,2% para 2,1%. Nos anos de 2023 e 2024, a projeção é de expansão do PIB em 2,50%.

As informações foram divulgadas no Boletim Focus de hoje (21), pesquisa divulgada semanalmente pelo BC, com projeção para os principais indicadores financeiros.

A previsão para a Taxa Básica de Juros (Selic), em 2021, registrou alta, aumentando de 6,25%, previsto na semana anterior, para 6,50%. Para os próximos três anos, a previsão se mantém estável.

Para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a previsão deste ano subiu de 5,82% para 5,90%. Para 2022, a estimativa de inflação continuou em 3,78%. Em 2023 e 2024, a previsão se mantém em 3,25%.

Em 2021, a estimativa superou o limite da meta de inflação que deve ser seguida pelo Banco Central. O centro da meta, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é de 3,75%, com tolerância de 1,5% para cima ou para baixo. O limite inferior seria de 2,25% e o superior de 5,25%.

Sobre o valor do dólar, a expectativa do mercado é menor do que a registrada na semana anterior, passando de R$ 5,18 para R$ 5,10. Para os anos seguintes, a previsão é de R$ 5,20 em 2022; R$ 5,10 em 2023 e R$ 5 em 2024.

 

Com informações da Agência Brasil.

Compartilhar

Últimas Notícias