Assista agora:
Economia

Brasil não corre risco de apagão em 2021 apesar de crise hidrológica, diz ONS

Segundo ONS, essa é a pior crise hidrológica desde 1930

07/06/2021 - 13:46 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), apesar do Brasil passar pela “pior crise hidrológica desde 1930”, o país não corre risco de corte no fornecimento de energia elétrica neste ano. Em nota técnica, divulgada pela ONS na última sexta-feira (04), foi avaliado que o nível de chuvas “significativamente abaixo da média historica” motivou uma série de recomendações.

A ONS afirma que as medidas propostas já foram postas em prática. "Entre as ações em curso destacam-se a flexibilização das restrições hidráulicas dos aproveitamentos localizados nas bacias dos rios São Francisco e Paraná; aumento da geração térmica e da garantia do suprimento de combustível para essas usinas; importação de energia da Argentina e do Uruguai, além de campanha de uso consciente da água e da energia”, afirma a entidade.

Segundo a ONS, as providências cabiveis foram tomadas para que o fornecimento de energia seja garantido. “Sendo assim, diversas medidas foram aprovadas pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) e já estão em curso, o que faz com que esse cenário não se concretize e se garanta o fornecimento de energia e potência em 2021”.

Na análise da ONS, o déficit de precipitação acumulado nos últimos dez anos em algumas bacias chegou a alcançar valor maior do que o total de chuvas que ocorrem, em média, no período de um ano. Com este cenário, as vazões afluentes às usinas localizadas nessa bacia também estão abaixo da média histórica nos últimos anos. 
 

Com informações da Agência Brasil / Foto: Pixabay

Compartilhar

Últimas Notícias