Exportações

Exportações de soja do Paraná caem no 1º quadrimestre; remuneração sobe 21,36%

Volume do Complexo Soja embarcado no primeiro quadrimestre somou 4,4 milhões de toneladas

21/05/2021 - 16:00 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

O Paraná exportou 4,4 milhões de toneladas do Complexo Soja no primeiro quadrimestre do ano, o que representa queda de 27,42% frente a 2020. Apesar do menor volume, o produto paranaense foi melhor remunerado. 

A receita obtida com as exportações foi de US$ 1,86 bilhão. Cada tonelada exportada foi negociada, em média, por US$ 423,88, um acréscimo de 21,36% em relação ao obtido no primeiro quadrimestre do ano passado.

Os dados são do Boletim de Conjuntura Agropecuária, feito pelo Departamento de Economia Rural do Paraná (Deral), referente a semana de 15 a 21 de maio.

Segundo a Secretaria de Agricultura e de Abastecimento, entre os fatores que contribuíram para um volume menor de exportação de soja paranaense está a redução na produção em comparação com a safra anterior. 

Também é preciso levar em conta os aspectos climáticos, que foram determinantes. O período de estiagem na época da semeadura levou ao atraso no plantio em algumas regiões importantes, o que também atrasou a colheita.

 

Informações por Secretaria de Agricultura PR

Foto de capa por Wenderson Araujo/ Trilux/ Sistema CNA Senar

Compartilhar

Últimas Notícias