Exportações

Consórcio de Exportadores de Carnes Argentinas diz que suspensão do país é "altamente preocupante"

Entidade demonstrou apoio a medida mas reiterou que plano não irá contribuir para o mercado do país

19/05/2021 - 13:49 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

O Consórcio de Exportadores de Carnes Argentinas (ABC) emitiu ontem (17) um comunicado sobre a decisão do Governo Argentino, em suspender a exportação de carne bovina por 30 dias. A entidade disse em nota que a ação terá efeitos econômicos, financeiros, comerciais negativos e é “altamente preocupante”. O ABC demonstrou apoio a medida, mas reiterou que o plano não irá contribuir com o mercado do país.

“As exportações são um verdadeiro recurso gerador de empregos, investimentos e divisas, é necessário tomar medidas extremas para evitar a presença de operadores inescrupulosos, que provocam turbulências com impacto em toda a cadeia”, disse a entidade em nota.

Confira a tradução da nota

Diante do anúncio da decisão de limitar as exportações de carne bovina por um período de 30 dias, como parte das medidas destinadas a ordenar o setor, restringir práticas especulativas, melhorar a rastreabilidade das exportações e evitar a sonegação fiscal, deseja o Consórcio Exportadores de Carnes Argentinas declarar que apoia firmemente a realização desses objetivos, mas que considera que as restrições comunicadas não contribuirão para a sua realização.

A entidade e as empresas associadas têm colaborado constantemente para encontrar alternativas de abastecimento do mercado local e propor as medidas mais conducentes a um quadro de concorrência justa e equitativa para todos os atores.

A decisão anunciada não se enquadra neste quadro e longe de oferecer soluções para enfrentar o flagelo da informalidade e as suas terríveis consequências para o setor, tem efeitos econômicos, financeiros e comerciais negativos, cujo impacto final é difícil de precisar neste momento, mas que conhecer os resultados de experiências passadas é altamente preocupante.

As exportações são um verdadeiro recurso gerador de empregos, investimentos e divisas, é necessário tomar medidas extremas para evitar a presença de operadores inescrupulosos, que provocam turbulências com impacto em toda a cadeia.

Compreendemos a gravidade da situação e o desafio que a pandemia representa para a nossa economia, pelo que propomos que as autoridades nacionais façam um apelo a todos os membros da cadeia para que avaliem as medidas mais adequadas para um ordenamento genuíno do mercado, deixando de lado esta limitação, que tem trazido alarme e incerteza aos nossos trabalhadores, fornecedores e clientes e que não contribuirá para a resolução dos problemas estruturais que sofremos.

O Consórcio de Exportadores de Carnes da Argentina insta as autoridades e todos os atores setoriais a trabalharem para unir forças para limpar toda a cadeia de bovinos e bovinos.

Compartilhar

Últimas Notícias