Agricultura

Conab estima queda na produção de cana-de-açúcar para o ciclo 2021/22

Mesmo com diminuição na área a produção nordestina estima crescimento de 3,2%

18/05/2021 - 13:59 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

O volume de cana-de-açúcar produzido no Brasil deve cair em 4% se comparada ao ciclo 2020/21, chegando a 628,1 milhões de toneladas. Os dados foram apresentados na primeira estimativa da safra de cana-de-açúcar 2021/22, divulgada na manhã de hoje (18) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

A queda é explicada pelo decréscimo de 3% na área de colheita no Sudeste, principal região produtora do país, com 5,2 milhões de hectares, e queda de 6,2% na produção, prevista em 402,2 milhões de toneladas.

O Centro-Oeste também diminuiu em 0,8% a área de cultura, ficando com 1,8 milhão de hectares para um total de 137,5 milhões de toneladas de cana, valor 1,6% menor do que o obtido na safra anterior.

Mesmo com 0,5% a menos na área, a produção nordestina estima crescimento de 3,2% na produtividade média, o que resultaria em 49,7 milhões de toneladas, acréscimo de 2,7% comparado a safra anterior.

O Sul seguiu a tendência, com redução de 2,1% na área, aliado a um crescimento de 2,5% na produção, estimada em 35,1 milhões de toneladas. Já a região norte deve manter a área e aumentar em 3,3% a colheita da cultura, com 3,6 milhões de toneladas. 

 

Com informações Conab. / Foto: Wenderson Araujo - Sistema CNA / Senar

Compartilhar

Últimas Notícias