Economia

Produção de grãos no Brasil deve crescer 5,7%, estima Conab

Informações foram divulgadas no 8º Levantamento da Safra de Grãos

12/05/2021 - 10:25 | Por Frederico Diegues* - SBA | Siga-nos no Google News

A produção de grãos no Brasil aproximada em 271,7 milhões de toneladas, foi 5,7% maior comparada com a safra 2019/20, o que representa 14,7 milhões de toneladas a mais. As informações foram apresentadas hoje (12) através do boletim mensal da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o 8º Levantamento da Safra de Grãos 2020/21.

Com exceção do milho e arroz, as culturas de primeira safra encerraram suas colheitas. O feijão está no estado de floração e enchimento de grãos. O milho, por conta do atraso na semeadura, encontra-se com um percentual significativo no desenvolvimento vegetativo e floração. As culturas de inverno, dependendo das precipitações, intensificará seu plantio em maio.

Por consequência do atraso na colheita da soja e, consecutivamente, o plantio de boa parte da área do milho segunda safra fora da janela indicada, observou-se uma déficit de 2,1 milhões de toneladas. Também em decorrência desses problemas, somados à baixa ocorrência de chuvas em abril, a produtividade aponta redução.

Estima-se um crescimento de 4,1% ou 2,7 milhões de hectares, somando o total de 68,6 milhões de hectares. Destacando a produção de soja, que apresenta aumento de 4,2% ou 1,6 milhão de hectares. O milho segunda safra demonstrou ganho de 8,8%, correspondente a 1,2 milhão de hectares.

A produção recorde de soja, estimada em 135,4 milhões de toneladas, apresenta superávit de 8,5% na produção, correspondendo a 10,6 milhões de toneladas a mais do que a safra 2019/20 e produtividade de 3,5 mil quilos por hectare, destacando o Brasil como maior produtor da oleaginosa.

Para o milho, a produção estimada em 106,4 milhões de toneladas, crescimento de 3,7% sobre o ciclo 2019/20. A produtividade ficou em 5,3 mil quilos por hectare e a expansão de área registrou alta de 7,3% ou 19,8 mil hectares. Foram produzidas 24,7 milhões de toneladas na primeira safra e 79,8 e 1,9 milhão de toneladas na segunda e terceira safra, respectivamente. 

 

*Com supervisão do Jornalista Douglas Ferreira

Foto: Pixabay

Compartilhar

Últimas Notícias