Economia

Clima ao Vivo e Bramon posicionam 350 câmeras para registrar reentrada de foguete

Foguete chinês deve reentrar na atmosfera da Terra no fim de semana

07/05/2021 - 18:30 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

Cerca de 350 câmeras do Clima ao Vivo e da Bramon (Rede Brasileira de Observação de Meteoros) estarão a postos para registrar a possível entrada de detritos de um foguete chinês. Os Estados Unidos acompanham o trajeto do foguete, que deve reentrar na atmosfera da Terra no fim de semana.

O foguete foi utilizado no lançamento de um módulo que marca o início do plano de Pequim, da construção de uma nave espacial, que ficará pronta no final de 2022.

As duas empresas devem realizar uma transmissão ao vivo no momento previsto para reentrada, além de apresentar informações e comentar outras reentradas.

Em 1979, a Skylab, que foi a primeira estação espacial americana, reentrou de forma parcialmente descontrolada. O objeto tinha mais de 70 toneladas e seus detritos se espalharam por uma área do Oceano Índico e do Oeste da Austrália.

Compartilhar

Últimas Notícias