Suinocultura

Bom ritmo da demanda mantém preços do suíno vivo em alta

Cenário está ligado ao crescimento das exportações e consumo doméstico

30/04/2021 - 10:21 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

Os preços do suíno vivo continuam em alta em todas as regiões acompanhadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). O impulso vem do bom ritmo de embarques da proteína e da reação do consumo doméstico. 

Na parcial de abril (até o dia 27), o suíno vivo registra média de R$ 7,03/kg na região de SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba), alta de 5,1% sobre a de março/21. Esse movimento vem mantendo em recuperação o poder de compra do suinocultor paulista frente ao farelo de soja, importante insumo de alimentação, que, por sua vez, registra desvalorização. 

Frente ao milho, pesquisadores do Cepea alertam que o cenário segue desfavorável ao suinocultor, tendo em vista que o avanço dos preços do cereal é ainda mais intenso que o observado para o animal vivo.

 

Informações por Cepea

Compartilhar

Últimas Notícias