Exportações

Balança comercial: Brasil registra US$ 5,565 bi em exportações

Resultado foi referente a 4ª semana de Abril de 2021

26/04/2021 - 18:29 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

A balança comercial registrou superávit de US$ 2,719 bilhões e corrente de comércio de US$ 8,411 bilhões na 4ª semana de Abril de 2021. O resultado de exportações no valor de US$ 5,565 bilhões e importações de US$ 2,846 bilhões. As exportações no mês totalizam US$ 20,814 bilhões e as importações, US$ 11,918 bilhões, com saldo positivo de US$ 8,897 bilhões e corrente de comércio de US$ 32,732 bilhões.

No ano as exportações totalizam US$ 76,464 bilhões e as importações, US$ 59,659 bilhões, com saldo positivo de US$ 16,804 bilhões e corrente de comércio de US$ 136,123 bilhões.

Exportações por Setor e Produtos

O acumulado até a 4ª semana deste mês, se comparado com o igual mês do ano anterior apontou desempenho positivo de: US$ 174,1 milhões (61,0%) em Agropecuária; crescimento de US$ 115,36 milhões (61,8%) em Indústria Extrativa e crescimento de US$ 214,57 milhões (52,9%) em produtos da Indústria de Transformação.

Agropecuária: soja obteve aumento de 60,1%, equivalente a US$ 151,15 milhões na média diária; algodão em bruto +131,9% e elevação de US$ 6,52 milhões na média diária; frutas e nozes não oleaginosas, frescas ou secas (+ 99,0% com alta de US$ 2,64 milhões na média diária) e milho não moído, exceto milho doce + 862,4% com aumento de US$ 1,87 milhão na média diária).

Indústria Extrativa: minério de ferro e seus concentrados (+ 102,6% com aumento de US$ 83,18 milhões na média diária); óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos, crus (+ 32,7% com aumento de US$ 29,72 milhões na média diária); minérios de níquel e seus concentrados (+13.831.277,3% com aumento de US$ 1,40 milhão na média diária); outros minérios e concentrados dos metais de base (+ 242,0% com aumento de US$ 1,34 milhão na média diária) e outros minerais em bruto (+ 66,8% com aumento de US$ 0,94 milhões na média diária).

Indústria de Transformação: óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos (exceto óleos brutos) (+ 86,0% com aumento de US$ 15,54 milhões na média diária); produtos semi-acabados, lingotes e outras formas primárias de ferro ou aço (+ 85,2% com aumento de US$ 12,58 milhões na média diária); açúcares e melaços (+ 56,2% com aumento de US$ 12,49 milhões na média diária); veículos automóveis de passageiros (+ 265,2% com aumento de US$ 10,79 milhões na média diária) e ouro, não monetário (excluindo minérios de ouro e seus concentrados) (+ 77,6% com aumento de US$ 10,77 milhões na média diária).

Importações por setor

O acumulado até a 4ª semana do mês de abril se comparado com igual mês do último ano, o desempenho dos setores pela média foi de: queda de US$ -0,21 milhões ( -1,1%) em Agropecuária; crescimento de US$ 2,98 milhões ( 8,5%) em Indústria Extrativa e crescimento de US$ 213,21 milhões ( 41,8%) em produtos da Indústria de Transformação.

Compartilhar

Últimas Notícias