Economia

CRA: BNDES lança nova modalidade de financiamento

Banco entra como garantidor da operação

09/04/2021 - 13:59 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançou na quinta-feira (8) o Crédito de Recebíveis do Agronegócio (CRA), o banco entra como garantidor da operação, gerando concorrência no mercado, reduzindo os riscos da operação e as taxas de juros aos produtores.

O objetivo do projeto é aumentar as fontes de crédito para os produtores rurais, inclusive para que ocorram negociações de dívidas. O piloto dessa modalidade está sendo realizado pela Cotrijal Cooperativa Agropecuária e Industrial, que reúne 7,7 mil produtores de 32 municípios do norte do Rio Grande do Sul.

“O CRA Garantido é o somatório de esforços que fez nascer essa ferramenta tão importante e inédita para o nosso agronegócio. Que ele sirva de exemplo para outras cooperativas e para que outros bancos e seguradoras também possam entrar. Precisamos de muita gente, o agro cresceu muito. Temos poucos recursos oficiais, que têm que ser dirigidos para os pequenos e médios produtores”, disse a  Ministra Tereza Cistina, durante o lançamento da nova modalidade.

O incentivo ao financiamento privado, via mercado de capitais com investimento estrangeiro no agronegócio brasileiro foi intensificado pela Nova Lei do Agro (Lei 13.986/2020), em vigor há pouco mais de um ano.

O crédito é definido pela Bolsa de Valores do Brasil, a B3, como um título de renda fixa lastreado em recebíveis originados de negócios entre produtores rurais, cooperativas e terceiros, abarcando financiamentos ou empréstimos relacionados à produção, comercialização, ao beneficiamento, à industrialização de produtos, insumos agropecuários ou máquinas utilizadas na produção agropecuária.

Na prática, o CRA funciona da seguinte forma: produtores rurais que precisam adquirir insumos negociam com o fornecedor a compra do produto a partir de uma Cédula de Produtor Rural (CPR), o principal título de financiamento do sistema de crédito agrícola, que serve como garantia para a emissão do CRA.

Caso as empresas que ficaram de receber o valor pela venda de insumos a longo prazo queiram, Elas podem adiantar os recebíveis através de securitizadoras que pagarão o valor a ser recebido em dinheiro. Os CRAS ficarão disponíveis para negociação no mercado de capitais, ao adquirir esses títulos os investidores recebem uma remuneração prefixada, na maioria das vezes, com rendimento superior ao Certificado de Depósito Interbancário (CDI). 

 

Com informações Mapa 

Compartilhar

Últimas Notícias

1° Leilão Fazenda Jardim do Sul & Convidados