Agricultura

Produção de grãos deve superar pela primeira vez 270 milhões de toneladas, aponta Conab

De acordo com a Conab, a produção estimada para a safra 2020/2021 é de 273,8 milhões de toneladas

08/04/2021 - 13:15 | Por Frederico Diegues* - SBA | Siga-nos no Google News

Na manhã desta quinta-feira (8), a equipe da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), por meio de webinar, divulgou o sétimo levantamento da safra de grãos 2020/2021. No documento constam informações sobre a evolução da colheita das lavouras de 1ª safra, bem como o avanço das culturas de 2ª safra. 

A conferência se iniciou com a fala do diretor de política agrícola e informações, Sergio De Zen, que comentou sobre o destaque do Brasil como segundo maior produtor de alimentos do mundo.

“Esses dois grãos respondem pela grande maioria na produção brasileira, porque ao contrário do feijão e do arroz que são produtos finalisticos, a soja e o milho estão presentes em outros tipos de alimentos que chegam na mesa do consumido brasileiro e mudial: as proteínas como carne, leite e ovos. Nós tivemos um debate, promovido pela Sociedade Rural Brasileira, que coloca o Brasil como o 2º grande provedor de alimentos”, pontua o diretor.

De acordo com o levantamento, o valor total esperado para o volume da safra de grãos é de 273,8 milhões de toneladas, com crescimento estimado de 6,5%, representando 16,8 milhões de toneladas a mais sobre a safra anterior.

A área de plantio apresenta crescimento de 3,9% sobre a área utilizada na safra anterior, estimada em 68,5 milhões de hectares.

Soja

Apesar do atraso na safra de soja, o levantamento confirmou um crescimento na área plantada de 4,1%, em comparação a safra anterior, valor equivalente a 38,5 milhões de hectares. Os principais problemas decorram de dificuldades climáticas, mesmo assim é esperada uma produção de 135,5 milhões de toneladas, acréscimo equivalente em 8,6% em relação à safra passada. A produtividade esperada é de 3.523 kg/ha.

Milho

O milho, em sua 1ª safra, estima-se produção de 24,5 milhões de toneladas e área plantada de 4,3 milhões de hectares, 50,6% desse valor já foi colhido. A produtividade estimada é de 5.644 kg/ha. Na segunda safra esses números são mais positivos, a produção estimada é de 82,6 milhões de toneladas em uma área de 14,8 milhões de hectares. O valor estimado na produtividade é de 5,567 kg/ha.

Arroz

Para o ciclo 2020/2021, a produção de arroz permanece estável com 11,1 milhões de toneladas, com 100% de sua área semeada e 55,6% colhida. A área plantada é de 1,6 milhão de hectares. A produtividade, levemente menor comparada a safra anterior, é prevista para 6,572kg/ha. 
 

 

Foto: Tony Oliveira/ Sistema CNA/Senar

*Supervisionado por Thalya Godoy

Compartilhar

Últimas Notícias