Economia

Pandemia fez custo do Governo Federal crescer 16%

Auxílio emergencial é um dos fatores que impulsionaram a elevação de gastos

06/04/2021 - 11:30 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

Os custos totais do Governo Federal totalizaram R$ 2,64 trilhões e obtiveram o aumento de 16% em 2020 em relação ao ano de 2019, devido a pandemia da Covid-19. A informação foi divulgada hoje (6) pelo Tesouro Nacional.

O indicador mede os gastos dos Três Poderes da União e do Ministério Público Federal com mão de obra, funcionamento, insumos, gastos financeiros, desvalorização de patrimônio e repartição de receitas com estados, municípios e organizações da sociedade. 

Os principais motivos que elevaram os custos foram o auxílio emergencial e o programa de proteção ao emprego, fizeram o gasto financeiro crescer em 19% em 2020. Outro responsável foi a compra de equipamentos para o enfrentamento da Covid-19, elevando os custos de funcionamento do Ministério da Saúde 17%, de R$ 21,69 bilhões para R$ 25,33 bilhões.

De acordo com o Tesouro Nacional, os itens que impulsionaram o aumento dos gastos do Ministério da Saúde foram materiais farmacológicos (medicamentos ou componentes destinados à manipulação de drogas medicinais),  materiais reagentes para diagnóstico clínico e materiais de assepsia e equipamentos de proteção individual para ação preventiva contra a Covid-19.

 

Com Informações Agência Brasil

Compartilhar

Últimas Notícias

1° Leilão Fazenda Jardim do Sul & Convidados