Agricultura

Bioinsumo à base de algas pode melhorar crescimento e defesa das plantas

Bioinsumo induz e aprimora processos fisiológicos dando mais vigor e produtividade aos vegetais

30/03/2021 - 18:01 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News
Bioinsumo produzido a partir da alga verde-azulada
Foto: Goreti Braga / Divulgação Embrapa 

Desenvolvido com microrganismos do banco de germoplasma da Embrapa Agroenergia (DF), o biofertilizante feito a partir cianobactéria, conhecida popularmente como alga verde-azulada, funciona como um sinalizador químico que induz e aprimora alguns processos fisiológicos em vegetais. O resultado é maior vigor, produtividade e potencialização das respostas de crescimento e defesa da planta.

Essa tecnologia foi desenvolvida por meio de parceria entre Embrapa, Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Empresa Brasileira de Inovação Industrial (Embrapii) e uma empresa privada do setor de fertilizantes. O insumo é uma mistura de extratos secos de uma cianobactéria com um fertilizante foliar que contém nitrogênio, fósforo e potássio, além de micronutrientes como boro, zinco e molibdênio. O novo produto pode ser classificado como um bioestimulante.

Os testes com o produto desenvolvido pela Embrapa mostram que, em situações controladas, as produções de soja e milho foram favorecidas, tendo um aumento de até 10% em seu enraizamento e crescimento das plantas.

“A cianobactéria que compõe o nosso extrato é totalmente cultivada em laboratório, em um processo limpo e sem a geração de resíduos. Isso permite utilizar essa espécie da biodiversidade brasileira sem explorá-la de forma extrativa e causar danos ao ambiente. Além de garantir um produto de qualidade controlada”,  explica o pesquisador da Embrapa, César Miranda, líder do projeto Macrofert

Os testes para aumentar a escala de produção terão inicio ainda em 2021, quando começar a segunda fase do projeto Macrofert, que também incluirá análises sobre o custo de produção e estudos de campo em condições reais de produção 

 

Com informações Embrapa - DF
 

Compartilhar

Últimas Notícias