Economia

Projeto levará energia elétrica a mais de dois mil propriedades na região do Pantanal

Planejamento prevê instalação de placas solares que atenderão cerca de cinco mil habitantes do bioma

03/03/2021 - 10:25 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

Na última terça-feira (02), foi apresentado, em Mato Grosso do Sul, o projeto “Ilumina Pantanal”, que pretende levar energia elétrica a 2.167 unidades consumidoras na região até 2022, por meio de placas solares, e visa a universalização da energia elétrica no bioma. O investimento no projeto é de R$ 134 milhões.

A iniciativa é do governo estadual e federal em parceria com uma empresa privada de energia elétrica. O projeto visa a universalização da energia no bioma e deve contemplar cerca de cinco mil pessoas, espalhadas por uma área de 90 mil km², nos municípios de Corumbá, Aquidauana, Coxim, Ladário, Porto Murtinho, Rio Verde e Miranda.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), a partir de julho, a maioria das unidades consumidoras atendidas terão instalados microssistemas individuais de geração solar fotovoltaica e armazenamento da energia excedente em baterias. Dessa forma, o fornecimento de energia limpa e ininterrupta aos clientes fica garantido mesmo durante a noite e em dias chuvosos ou nublados, quando há pouca incidência da luz solar. 

“Estamos atingindo 100% do Pantanal, atendendo comunidades ribeirinhas e produtores rurais de toda a região, duas populações extremamente importantes. Além disso, o modelo escolhido, que é o da energia solar, é o que tem o menor impacto ambiental e o mais adequado de ser levado a toda a região pantaneira, que conta com muitas áreas de difícil acesso. Trata-se de um projeto inovador, sustentável e que deve posicionar Mato Grosso do Sul como o Estado com o maior número de placas solares instaladas em um mesmo bioma”, afirma o títular da Semagro, Jaime Verruck.

 

Informações por Semagro MS/ Foto de capa por Nicoli DICHOFF - Embapa Pantanal

Compartilhar

Últimas Notícias