Assista agora:
Pecuária

IBGE aponta queda de 10,3% no abate de bovinos; frangos crescem 5,5% e suínos sobem 1,6%

Patamares referem-se aos primeiros resultados da produção animal no quarto trimestre de 2020 levantados pelo IBGE

11/02/2021 - 17:41 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

De acordo com informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os primeiros resultados da produção animal no 4º trimestre de 2020 mostram que o abate de bovinos caiu 10,3%, o de suínos aumentou 1,6% e o de frangos teve alta de 5,5% na relação com o mesmo trimestre de 2019.

Na comparação com o 3º trimestre de 2020, o abate de bovinos e suínos caíram 5,8% e 4,7%, respectivamente, e o de frangos cresceu 2,5%.

A aquisição de leite foi de 6,71 bilhões de litros, aumento de 0,6% na comparação anual e de 4,1% em relação ao trimestre anterior.

A aquisição de peças de couro pelos curtumes caiu 3,9% frente ao 4º tri de 2019 e 8,5% em relação ao terceiro trimestre de 2020, somando 7,5 milhões de peças inteiras de couro cru bovino.

Foram produzidos 977 milhões de dúzias de ovos de galinha no 4º trimestre de 2020, uma queda de 1,5% na comparação anual e de 3,4% em relação ao 3° trimestre de 2020.

Abate de bovinos
No 4º trimestre de 2020, foram abatidas 7,25 milhões de cabeças de bovinos, uma variação negativa de 10,3% em comparação ao mesmo período de 2019 e uma redução de 5,8% em relação ao trimestre anterior, o 3º de 2020.

A produção de 1,96 milhão de toneladas de carcaças bovinas mostra queda de 6,5% em relação ao 4º tri de 2019 e diminuição de 4,6% em relação ao 3º tri de 2020.

Abate de suínos
O abate de suínos somou 12,10 milhões de cabeças no 4° trimestre de 2020, representando um aumento de 1,6% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior e queda de 4,7% em comparação ao 3° trimestre de 2020.

O peso acumulado das carcaças registrou 1,08 milhão de toneladas, aumento de 1,7% em relação ao 4° trimestre de 2019 e queda de 7,8% em comparação com o trimestre anterior.

Abate de frangos
Foram abatidas 1,55 bilhão de cabeças de frango, aumento de 5,5% em relação ao 4º tri de 2019 e acréscimo de 2,5% na comparação com o 3° trimestre de 2020.

O peso acumulado das carcaças foi de 3,57 milhões de toneladas, um aumento de 5,2% em relação ao 4° trimestre de 2019 e de 2,5% frente ao trimestre imediatamente anterior.

Aquisição de leite
A aquisição de leite cru feita pelos estabelecimentos que atuam sob algum tipo de inspeção sanitária (federal, estadual ou municipal) foi de 6,71 bilhões de litros. O resultado mostra um aumento de 0,6% em comparação ao registrado no 4º tri de 2019 e um incremento de 4,1% em comparação 3º trimestre de 2020.

 

Informações por IBGE

Compartilhar

Últimas Notícias