Morre pioneiro do sistema plantio direto na América Latina, Herbert Bartz

Ele eternizou a frase “a natureza não aceita propinas”

29/01/2021 - 17:35 | Por Douglas Ferreira - SBA | Siga-nos no Google News
Agricultor Herbert Bartz
Foto: Federação Brasileira de Plantio Direto na Palha e Irrigação

A agricultura brasileira perdeu um grande nome nesta sexta-feira (29), o produtor rural Herbert Bartz, um dos pioneiros na utilização do sistema de plantio direto na palha, na América Latina. Ele morava na cidade de Rolândia (PR), tratava-se de uma pneumonia e morreu por falência múltipla de órgãos.

Nascido em Rio do Sul (SC), em 14 de fevereiro de 1937, filho de imigrantes germânicos, passou boa parte da infância e da juventude na Alemanha, em meio à Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945). Enfrentou a fome e sobreviveu ao terrível bombardeio da cidade de Dresden, onde estava em fevereiro de 1945.

De acordo com a Federação Brasileira de Plantio Direto na Palha e Irrigação – na qual foi um dos fundadores – quando retornou ao Brasil em 1960, estabeleceu-se em Rolândia, na Fazenda Rhenânia, ao lado do pai, Arnold, e dos irmãos.

Em 1971, após uma tempestade, quando assistiu de guarda-chuva em uma mão e lanterna na outra, o solo arado e gradeado se desfazendo, viajou em busca de soluções e voltou afirmando que o certo era plantar sem arar e gradear.

No ano de 1972, com uma plantadeira Allis-Chalmers fez o primeiro plantio em larga escala sem revolver o solo da América Latina.

A situação era tão inusitada que a Polícia Federal apreendeu toda a produção de soja oriunda da iniciativa. Após o ocorrido o agricultor passou a disponibilizar o conhecimento de graça, para quem quisesse aprender.

Teve sua história contada em uma biografia publicada em 2018. Na obra ele eternizou a frase “a natureza não aceita propinas”.

Entidades como Aprosoja Brasil, Secretaria Da Agricultura e do Abastecimento do Paraná, Grupo Pecuária Brasil (GPB), Federação Brasileira de Plantio Direto na Palha e Irrigação, Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e a ministra da Agricultura Tereza Cristina emitiram comunicado lamentando a morte de Bartz.

Ministra Tereza Cristina presta condolências à família​​​

Durante a Showtec 2019, feira realizada em Maracaju (MS), o jornalista Fabiano Reis o entrevistou para falar sobre o livro. Confira.

 

O corpo será velado neste sábado (30), das 07h às 11h no espaço Bom Pastor, em Rolândia (PR). Será aberto ao público, seguindo todas as medidas de biossegurança contra a Covid-19. O corpo será cremado na cidade Londrina e as cinzas levadas a Rolandia. 

Para o envio de mensagens a família, clique aqui.

Compartilhar

Últimas Notícias