Agricultura

Cotação do café arábica atinge recorde nominal em R$ 658,67/saca

Cenário está ligado ao avanço do dólar e pela retração de vendedores, diz Cepea

27/01/2021 - 10:19 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

De acordo com informações do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), os preços domésticos do café arábica seguem em alta, influenciados pelo  avanço do dólar e pela retração de vendedores. 

Na sexta-feira (22), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6 renovou o recorde nominal da série histórica do Cepea, quando atingiu R$ 658,67/saca. Na terça-feira (26), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica fechou a R$ 655,25/sc, elevação de 8% na parcial de janeiro. 

O valor nominal representa o preço em Reais no momento, enquanto o patamar real considera os ajustes pelo efeito da inflação sobre um valor nominal.

Quanto à safra 2021/22, a primeira estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgada neste mês, indica que a produção brasileira pode ficar entre 43,85 e 49,58 milhões de sacas de 60 kg de café (arábica e robusta), significativa queda de 21,4% a 30,5% em relação a 2020/21. 

Entre os colaboradores consultados pelo Cepea, o consenso é que a safra, de fato, seja bem menor que a anterior, mas ainda há divergências quanto ao tamanho dessa redução.

 

Informações por Cepea

Compartilhar

Últimas Notícias

Sêmen Touros Genética BR