Recuo de Dória não impede protestos de produtores rurais de SP

Governador suspendeu decretos que aumentavam alíquotas do ICMS

07/01/2021 - 08:34 | Por Valdecir Cremon - SBA | Siga-nos no Google News

O recuo do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com a suspensão dos decretos de mudanças no ICMS para alimentos e medicamentos genéricos, além da energia elétrica, não impediu que centenas de produtores rurais realizassem uma manifestação de protesto na manhã desta quinta-feira (7) em cerca de 150 cidades do Estado. 

Houve mobilizações, por exemplo, em São Carlos, Araraquara, Rio Preto, Araçatuba e Presidente Prudente – cidades-sede de regiões -, entre municípios menores. Organizadores previam a participação de representantes de 450 entidades, de 250 cidades, no protesto.

Produtores usaram máquinas agrícolas, carros e caminhões na manifestação. Não há registro de incidentes. A Polícia Militar acompanhou o protesto em todas as cidades. 

Em nota publicada no site oficial do governo, Dória reafirmou que a alteração das alíquotas visa equilibrar as contas do Estado, segundo ele, afetadas em R$ 7 bilhões por conta de gastos com a pandemia do novo coronavírus.

Por determinação do governador, uma força-tarefa de secretários foi criada na terça-feira (5) para intensificar a análise dos pedidos de setores econômicos para revisão da redução de benefícios fiscais, assim como o diálogo com todos os envolvidos.

Foto de capa: reprodução/redes sociais

Compartilhar

Últimas Notícias