Pecuária

Preço do leite pago ao produtor sobe 1% em dezembro/20

Valorização está ligada à oferta mais ajustada no Brasil Central e região Sudeste

06/01/2021 - 08:27 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

Segundo informações da Scot Consultoria, depois da queda no preço do leite pago ao produtor em novembro/20, as cotações subiram no pagamento realizado em dezembro/20, que remunera o leite entregue no mês anterior.

A média nacional ponderada dos dezoito estados pesquisados pela Scot Consultoria registrou alta de 1,0% na comparação mensal.

O aumento é reflexo da oferta mais ajustada de leite na safra deste ano no Brasil Central e região Sudeste, em função dos atrasos nas chuvas e condições ruins das pastagens naquela oportunidade, bem como os custos de produção pesando mais no bolso do produtor.

No Sul do país, em especial em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, a oferta de leite para os laticínios também foi prejudicada pelo clima mais adverso (falta de chuvas em novembro e começo de dezembro), o que ajudou na sustentação do mercado de leite e derivados em dezembro, quando historicamente os preços do leite ao produtor caem.

Para o pagamento a ser realizado em janeiro de 2021, referente a produção entregue em dezembro/20, o viés do mercado é de manutenção a queda nos preços do leite ao produtor, com 58% dos laticínios pesquisados pela Scot Consultoria apontando para manutenção nos preços do leite ao produtor, 27% das indústrias estimando queda das cotações e 15% falando em alta no preço do leite.

Além da produção aumentando com mais força nas regiões Centro-Oeste e Sudeste do país, com a melhoria das condições das pastagens, sazonalmente, janeiro é um mês de demanda ruim por produtos lácteos, com as férias e festas de final de ano.

 

Informações por Scot Consultoria

Compartilhar

Últimas Notícias