EconomiaExportações

Encerrada greve dos trabalhadores de portos na Argentina

Após 20 dias de paralisação, indústria e sindicatos chegam a acordo

30/12/2020 - 16:51 | Por Renata Ferreira - SBA | Siga-nos no Google News

Após nove horas de conversa, a greve portuária na Argentina chega ao fim. O anúncio foi feito nesta terça-feira (29), em reunião no Ministério do Trabalho. Em comunicado, a Câmara da Industria de Óleo da Republica Argentina (Ciara), informou que o acordo consiste em um aumento salarial de 35% em 2020, bônus anual igual ao salário já com o aumento de 35% incluso, bônus pandêmico excepcional de 90 mil pesos em 9 prestações para quem trabalhou no Isolamento Social Preventivo e Compulsório, reajuste salarial de 25% para 2021 em duas partes e uma revisão salarial em agosto com aplicação do índice de preços ao consumidor no fim de 2021.

Durante a paralisação, mais de 170 navios ficaram no aguardo dos embarques de mais de 4 milhões de toneladas de soja, derivados e grãos, gerando cerca de 40 dias de espera para as embarcações. A Bolsa de Cereais de Buenos Aires informou que, somente no porto de Bahía Blanca, o movimento de navios foi reduzido em, aproximadamente, 75% entre 9 e 24 de dezembro em relação ao mesmo período de 2019. Pouco mais de 125,4 mil toneladas foram embarcadas. 
 

Compartilhar

Últimas Notícias

Leilão Virtual Fazenda Nova e Fazenda Elo Dourado 2021 - Reprodutores e Matrizes - Corte