Agricultura

Produtividade média da soja deve crescer 4,4% na safra 2020/21

Segundo estimativa da Conab, a área plantada pode avançar 2,5%

13/10/2020 - 10:07 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou na última quinta-feira (8/10) o primeiro levantamento de acompanhamento da safra brasileira de grãos 2020/21, em fase de semeadura no país.

Com relação a soja, a expectativa é de aumento de 2,5% na área plantada no país na temporada atual, frente a 2019/20. O aumento é devido a alta nos preços do grão no mercado interno e bons resultados no ciclo recém encerrado.

A produtividade média deverá crescer 4,4% na temporada que está começando, em relação à safra passada.

Com isso, a produção foi estimada em 133,67 milhões de toneladas de soja em 2020/21, o que equivale a 7,1% mais que as 124,84 milhões de toneladas colhidas em 2019/20.

Para o milho de primeira safra (safra de verão), apesar do aumento previsto na área com a cultura no Rio Grande do Sul (+2,1%), Paraná (+2,2%) e Minas Gerais (+4,1%), a área deverá ser menor em Goiás (-28,6%) e Piauí (-8,2%), em relação à safra passada.

Assim, a expectativa é de redução de 1,1% na área plantada com milho na primeira safra no país no ciclo atual.

Ainda segundo a Conab, a produtividade média das lavouras de milho deverá aumentar 5,3% nesta safra. Dessa forma, estão previstas 26,76 milhões de toneladas de milho na primeira safra ou safra de verão (2020/21), 4,2% mais que o colhido no ciclo passado.

Em função dos atrasos e volumes menores de chuvas registrados até então, em relação à média histórica, as produtividades médias das lavouras poderão ser revisadas para baixo, dependendo de como as chuvas evoluírem nas próximas semanas.

 

Informações por Scot Consultoria

Compartilhar

Últimas Notícias

Leilão Especial Gado de Corte