Economia

Governador de MS sugere brigada de incêndio permanente no Pantanal

Ministro Ricardo Salles esteve em Corumbá na manhã deste sábado (3)

03/10/2020 - 15:15 | Por Vinicius Souza - SBA | Siga-nos no Google News
Equipe do Canal do Boi registra fotos de queimadas na estrada de Campo Grande (MS) / Corumbá (MS)

Na manhã deste sábado (3) o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles participou de uma reunião no município de Corumbá, localizado a 425 km da capital Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, para tratar de assuntos relacionados as queimadas na região pantaneira.

De acordo com informações divulgadas no evento, o total de área queimada até o momento, já soma mais de 3 milhões de hectares, correspondendo há 20% da área do bioma.

No evento estiveram presentes senadores do MS e do Mato Grosso, entre eles a Senadora Simone Tebet (MDB), que destacou a importância do bioma. "O Pantanal é do homem pantaneiro e o agronegócio contribui durante anos para a preservação do bioma".

Ricardo Salles por sua vez, evidenciou a importante atuação de MS no combate as chamas e frisou sobre a pecuária sustentável.

Por fim, durante a reunião, Reinaldo Azambuja (PSDB) governador de Mato Grosso do Sul sugeriu a criação de uma brigada de incêndio fixa para combater as queimadas no Pantanal. "Vamos estudar o melhor lugar para colocar a brigada fixa"

Nos próximo anos estiagem prolongada deve castigar pantanal

Existe ainda uma expectativa do governo de que o número de chuvas seja abaixo do esperado nos próximos 5 anos. Agora, junto ao Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), os dois estados pantaneiros buscam recursos em caráter emergencial para ajudar produtores da região.

Compartilhar

Últimas Notícias