Assista agora:
Previsão do Tempo

Pantanal de MS vive a pior seca dos últimos 57 anos

Setembro de 2020 é o mês com maior número de focos de incêndios no Pantanal desde 1998

18/09/2020 - 17:15 | Por Thalya Godoy - SBA | Siga-nos no Google News

O Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, por meio da live realizada pelo governo estadual, divulgou dados sobre os incêndios que atingem o Pantanal sul-mato-grossense. Conforme relatado pelo Tenente-Coronel Moreira, o bioma vive atualmente a pior seca dos últimos 57 anos e setembro deste ano tornou-se o mês com maior indicador de focos de calor da região desde 1998, quando teve início a série histórica.

Os dados apontam que seis municípios do bioma Pantanal concentram 97% dos focos de incêndios. Corumbá (MS), devido a sua extensão territorial e as queimadas do primeiro trimestre está em primeiro lugar. Em 2020, agosto e setembro concentraram mais focos do que os outros meses do ano, com os grandes incêndios localizados no Pantanal Norte, em Mato Grosso. 

Até o momento, segundo dados do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, foram queimados 2.916 milhões de hectares do Pantanal, o que representa 19,31% do bioma. 

Em Mato Grosso foram incendiados 1.742 milhão de hectares e em Mato Grosso do Sul são 1.165 milhão de hectares, o que equivalem a 37,31% e 12,73% da extensão do bioma no estado, respectivamente. 

O Tenente-Coronel Moreira explica que é necessária a intervenção rápida para impedir a propagação dos focos de incêndios e não perder o controle.

 

Foto de capa por: Corpo de Bombeiros 

Compartilhar

Últimas Notícias